Nora Benchimol Minev


Alocução de Nora Benchimol Minev, por ocasião da entrega dos Prêmios 2016 na cidade de Belém, Pará



Hoje festejamos o 13º prêmio Professor Samuel Benchimol e Banco da Amazônia de Empreendedorismo Consciente.

Observando a realidade amazônica e o cenário brasileiro passa pela minha mente, que em tempos de crise, quando se propaga a desesperança e muitos perdem seus empregos, o empreendedorismo se torna ainda mais importante para a construção de um futuro melhor. Não tenho duvida, que nem os políticos, nem os economistas, vão tirar nossa sociedade do momento difícil que vivemos. São os empreendedores, estes sim, com sua capacidade criativa, força produtiva e competência gerencial que mais uma vez salvarão nosso País.

A crise tem seu lado cruel, que todos conhecemos. Mas esta mesma crise, tem um outro lado muito menos conhecido e pouco imaginado. São as inevitáveis mudanças de mentalidade e comportamento. São as transformações absolutamente necessárias para nossa sociedade ir ao encontro da modernidade, que lamentavelmente só vem com a dor e o sofrimento.

Que se cuidem aqueles políticos, empresários, burocratas e servidores públicos, que não se adequarem aos novos tempos. Vão ficar para sempre ultrapassados e em via de extinção. A força deste fenômeno há de impulsionar e acelerar a nossa rápida adequação aos novos tempos até a chegada de uma nova prosperidade.

Enquanto ela não vem nosso prêmio fez a sua parte. Com esforço de todos os envolvidos, os custos foram reduzidos drasticamente e assim hoje podemos festejar a continuidade do prêmio. Preciso destacar o apoio do Banco da Amazônia, da FIEPA, da FIEAM do trabalho incansável da coordenação dos prêmios e a contribuição sempre construtiva do Professor Rincon para que as mudanças fossem implementadas.

Todavia, observo com preocupação, que muitos órgãos e muitas instituições importantes ainda não conseguiram entender a urgência, que o momento impõe. Ainda falta compreensão, apoio e estímulo às novas firmas conhecidas como “start up’s”.

Palavras como wase, uber, google, facebook, instagram e whatsapp, entre tantos exemplos de empreendedorismo hoje, encantam o mundo. Faz poucos anos não conhecíamos e nem podíamos imaginar, que um dia eles seriam tão importantes para cada um de nos. Infelizmente ainda não há clima no Brasil para o surgimento de negócios assim.

Por causa dos entraves burocráticos e a mentalidade retrograda de uns poucos, nosso País não tem sido capaz de aproveitar a onda tecnológica e nós estamos ficando como meros espectadores e apenas usuários dos produtos criados em outros países. Por alguma razão nos autocondenamos à mediocridade. E a caravana passa.

Por isto insisto, nossos empreendedores precisam de mais liberdade, mais facilidade e mais compreensão. Para isto precisamos desobstruir o caminho deles. Chega de entraves burocráticos de toda natureza, que só criam clima propício a propinas e corrupção. Este era o sonho do meu pai e este é hoje o meu sonho.

Mais uma vez, bem vindos futuros empreendedores e patrocinadores.

Obrigada